as cabeças do david fincher

garota exemplarFilme visto com bastante atraso, diga-se de passagem.

Garota Exemplar começa e termina com o close da cabeça de Amy (Rosamund Pike), a garota exemplar do título brasileiro e também da série de histórias infantis que enriqueceu seus pais. Ela é linda, seu corte de cabelo é perfeito (um exemplo de caracterização) e sua vida também parece ser impecável. Mas ela desaparece no dia do seu aniversário de casamento com Nick (Ben Affleck),a Gone Girl do título original, transformando o marido no principal suspeito de assassinato.

O filme inteiro é sobre como a gente lê fatos, inventa as próprias histórias e acredita piamente nelas. Seja Amy, a menina perfeita, Nick, o escritor e jornalista frustrado que volta para a cidade natal e depende da mulher para sobreviver, ou o público, que busca qualquer revelação do caso para montar uma teoria definitiva. E assim, as quase duas horas e meia do filme passam voando, como numa sessão de hipnotismo.

Do outro lado da câmera estão Gillian Flynn, que adaptou seu livro para as telas, e o diretor David Fincher, com sua precisão assustadora. Rosamund Pike surpreende e rouba a cena, ela não é mais uma irmã Bennet de Orgulho e Preconceito – dizer mais seria spoiler -, e Ben Affleck deixa uma pulga atrás da orelha. Às vezes parece ser o ator perfeito, com aquela estranheza e sorriso sem graça, e nos outros momentos, a gente adoraria que fosse outro ator.

Garota Exemplar é um grande filme que merecia mais atenção do que recebeu. É para ver e não desgrudar os olhos.

dentro da tv: mad men

mad menEste post entraria direitinho na categoria Rapidinha nos Bastidores. Mas é Mad Men, que volta hoje com seus derradeiros sete episódios. Lá na quinta temporada, eu fiz um post de curiosidades da série, agora vamos para a segunda parte!

O showrunner Matthew Weiner ficou entre Peter Hermann e Jon Hamm para o papel de Don Drapper. Hamm fez sete testes para convencer que era o ator certo. Weiner não conhecia Hamm, mas sabia que ele, assim como Don Drapper, não tinha sido criado pelos pais. De fato, Hamm perdeu a mãe aos 10 anos e foi criado pela avó. Aos 20, perdeu o pai. Numa entrevista, Hermann disse que lamenta até hoje não ter ganhado o papel.

mad men 3Christina Hendricks estava tão nervosa para gravar o episódio piloto que suas mãos tremiam. Sua primeira cena foi com Elisabeth Moss, em que ela tinha que acender um cigarro. Seu caminhar balançante é resultado do figurino apertado que não a deixou andar normalmente. A atriz estava escalada para fazer um outro piloto, mas preferiu Mad Men. Sua agência ficou louca com a decisão, pois o canal AMC não era conhecido por suas produções originais e eles temiam que a série não iria pra frente. “Assim você nunca vai fazer dinheiro pra gente”, ela ouviu. Foi o bastante para ela procurar uma nova agência.

Depois de participar de alguns episódios da quinta temporada, como a amante do Pete, Alexis Bledel começou a namorar Vincent Kartheiser. Os dois se casaram em 2014. Na série, Alison Brie foi a mulher de Pete e Weiner disse que não tinha dinheiro para torná-la parte do elenco regular. Ele achava que Community não iria pra frente, o que a tornaria disponível mais tarde. “Foi uma lição que aprendemos”, ele disse, se arrependendo.

mad men 6The Suitcase, considerado o melhor episódio da série (até agora), foi escrito como um episódio econômico e de enrolação. Econômico porque a verba para a temporada estava na ponta do lápis, e pelo ponto de vista da história, nada de relevante acontece no episódio. Então usou-se o menor número de pessoas possível na produção, com poucos personagens e poucas locações.

Entre as temporadas quatro e cinco, houve um hiato por motivos contratuais. O canal e o estúdio queriam diminuir os custos, e Weiner entrou numa longa negociação. O hiato foi de dois anos para o espectador. O episódio Mystery Date, da quinta temporada, em que Peggy e Roger negociam o valor do trabalho dela é uma alusão ao ocorrido.

mad men 5Roger ia morrer na primeira temporada. Tudo porque John Slatery estava trabalhando em Desperate Housewives e Weiner não sabia se ele queria continuar em Mad Men.

John Slaterry e Jessica Paré foram pai e filha na série Jack & Bobby. O Jack da série era interpretado por Matt Long, que foi o redator Joey em Mad Men.

Jessica Paré fez teste sem saber qual seria sua personagem e nem o que faria. Sua única fala no primeiro episódio em que apareceu foi “Sim, Joan”. Quando Megan e Don se beijaram pela primeira vez, ela e todo mundo acharam que seria o fim da Megan. Dias depois, ela recebeu um telefonema de Weiner, que disse que Don iria pedir a mão de Megan em casamento e que ele precisava medir o dedo dela para a aliança.

mad men selfieJulia Ormond, que faz a mãe da Megan, é fanática pela série. Ela já terminou um relacionamento porque seu parceiro viu um episódio antes dela.

Matthew Weiner chega a ser paranoico quando se trata de sigilo. Absolutamente nada pode vazar antes da estreia da temporada. Os atores do elenco regular não podem falar nada, e os convidados precisam assinar um acordo de sigilo. Os DVDs enviados previamente aos críticos vêm com um bilhete pedindo, encarecidamente, que não contem nada da trama.

mad men 7A venda do cigarro Lucky Strike dobrou desde que apareceu como cliente na série.

O ator que faz Freddy Rumsen, Joel Murray, é irmão do Bill Murray.

Kiernan Shipka, a Sally Drapper, nunca viu um episódio da série. Ela disse pode ver a série hoje, mas como antes (no início) não podia, ela prefere esperar o fim para ver tudo de uma vez.

mad men 4Jon Hamm levou do set a placa ‘Think”, que aparece na sala do computador.