o oscar 2015

vencedores oscarComo sempre, foi uma noite bem longa, mas, paradoxalmente, enxuta. Como a grande maioria dos filmes indicados era independente, havia um clima de camaradagem, leve como o Spirit Awards, que este ano serviu como uma prévia do Oscar. As pessoas foram ao Dolby Theater com o intuito de celebrar o cinema e aplaudir os colegas. Não teve carão, todos que ganharam ficaram imensamente felizes por vários motivos. O principal é que eles sabem que está cada vez mais difícil fazer filmes como Birdman, Boyhood, O Jogo da Imitação, Whiplash, O Grande Hotel Budapeste, Selma… Então, ser reconhecido por uma indústria que tem dito não aos filmes independentes é justamente a glória.

Neil Patrick Harris estava morno, conseguiu fazer uma limonada com os limões que recebeu. O roteiro riu de si mesmo fazendo autocríticas o tempo todo. Num Oscar de pouca diversidade, as minorias falaram mais alto. Patricia Arquette reivindicou igualdade salarial. Foi ovacionada e arrancou gritos de “é isso aí, mana” de Meryl Streep. John Legend e Common emocionaram ao apresentarem Glory, do filme Selma. Ganharam e subiram ao palco pedindo que a luta por igualdade, democracia e  justiça continue em todos os lugares do mundostreep arquetteglory pine

Graham Moore, roteirista de O Jogo da Imitação, vencedor na categoria roteiro adaptado, fez um desabafo. “Quando eu tinha 16 anos, eu tentei me matar porque eu me sentia esquisito e me sentia diferente e sentia que não pertencia a lugar nenhum. E agora que eu estou aqui eu gostaria de dedicar esse momento aos jovens por aí que sentem que são estranhos ou diferentes ou que não se encaixam – sim, vocês se encaixam. Eu prometo. Permaneçam estranhos, permaneçam diferentes, e quando chegar a sua vez, e vocês estiverem sobre esse palco, transmitam essa mensagem para as pessoas que virão depois de vocês.” Lembrou o discurso do Dustin Lance Black.

E então veio o momento mais bonito e surpreendente da noite. Lady Gaga cantou e encantou um medley de A Noviça Rebelde. Nos fez querer escalar todas as montanhas. Até a semana passada, ela estava sendo taxada pela mídia como uma piada, uma pobre fracassada sem talento, irrelevante, mesmo tendo feito uma linda apresentação no Grammy (e ganhou) e sido convidada por Paul McCartney para uma gravação. Vê-la cantando perfeitamente e sendo ovacionada foi basicamente a síntese de cada filme indicado neste Oscar, que recebeu tantos nãos e percorreu um longo caminho até conseguir alguma visibilidade, por méritos próprios. Julie Andrews entrou em cena e eu chorei. julie andrews gaga

Teve surpresas: Whiplash abocanhou mais que um Oscar e garantiu uma boa carreira para o diretor Damien Chazelle. Big Hero 6 venceu Como Treinar Seu Dragão, Boyhood não levou nem em edição, onde era favoritíssimo, Alexandre Desplat ganhou por O Grande Hotel Budapeste, e não por O Jogo da Imitação, como se previa. Birdman levou até em roteiro original, onde todos juravam que ia dar O Grande Hotel e o curta The Phone Call ultrapassou Boogaloo and Graham.

Finalmente deram um Oscar pra Julianne Moore!!! John Travolta está cada vez mais esquisito e todo mundo, com ou sem Oscar, teve uma noite de Cinderela. Até o ano que vem! cumberbatch

Anúncios

Um comentário em “o oscar 2015”

  1. Esse último gif do Cumberbatch é um patrimônio já 🙂

    Acompanhei a cerimônia toda também. Este foi o ano em que vi muito pouco dos filmes indicados (quase nada actually), mas me emocionei nas mesmas partes que você. Leu a repercussão da declaração da Patricia Arquette depois da cerimônia? Acho que ela já estava meio altinha e escorregou na casca de banana:

    http://bitchmagazine.org/post/patricia-arquette-undermined-the-most-feminist-moment-of-the-oscars

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s