antes do carnaval

vingadores homem aranhaO que já aconteceu nas últimas semanas antes de nós momarmos na carne? O post faz um apanhado dos principais acontecimentos para a gente pular ou desmaiar bem informados.

Depois de muita negociação, a Sony e a Marvel fizeram um acordo para o Homem-Aranha participar dos filmes da Marvel. Nos tempos de vacas magras, a Marvel vendeu os direitos de seus personagens para a Sony e a Fox. Com tudo acertado, o Homem-Aranha deve fazer sua primeira aparição em Capitão América: Guerra Civil. Com essa mudança, os outros filmes da Marvel, como o próximo Thor, foram reagendados. Tudo leva a crer que o aracnídeo deve aparecer também em Os Vingadores: Guerra Infinita, marcado para 2018. O que não se sabe é se Andrew Garfield continuará no papel.

A final do Superbowl revelou não apenas os tubarões dançantes da Katy Perry, mas também trailers de blockbusters. Veja o Chris Pratt vai usando velociraptores para salver vidas. Cool, quero ver! 

Tomorrowland estava marcado para estrear em dezembro passado. Ele anda bem quietinho, o que nos levanta a suspeita de que não deve ser lá essas coisas, embora tenha as mão do Brad Bird. Esta é a segunda tentativa de fisgar o público. 

Ainda teve mais um trailer de Os Vingadores: A Era de Ultron, Ted 2, O Exterminador do Futuro sei lá que número.

Em tempos de Oscar, ninguém fala dele. Quer dizer, falou-se dele em Sundance, mas no ano que vem. O Festival de Sundance nunca atraiu tanto as atenções como este ano. Rolou até Brasil, que premiu Alô Regina Casé por Que Horas Ela Volta. Para ficar de olho: Brooklyn, The Witch, Me and Earl and the Dying Girl e The End of the Tour.

Para não dizer que não se falou de Oscar, os prêmios dos sindicatos e o Bafta confirmam que o deste ano deve ser um chuveirinho: uma gotinha para Boyhood, outra para Birdman, um pouquinho para O Grande Hotel Budapeste e uma umidificada para A Teoria de Tudo, afinal, estamos em estiagem. Se Birdman ganhar como melhor filme, o que tem um pouco mais de chances de acontecer, Richard Linklater leva o prêmio de direção por Boyhood e vice-versa. Quem deve fazer um pouco mais de festa é O Grande Hotel Budapeste, que deve levar o prêmio de roteiro original (a categoria mais disputada), figurino, direção de arte e até fotografia (Birdman é o maior adversário). No mais, vai dar Julianne Moore (Para Sempre Alice), Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo), Patricia Arquette (Boyhood) e JK Simmons (Whiplash). Na torcida para Relatos Selvagens levar o Oscar de filme estrangeiro.

Já na tv, a Netflix já avisou que vai enfrentar a Amazon com tudo. Anunciou uma série baseada em Zelda (derrubou minha ocarina) e a série do Baz Luhrmann, The Get Down. Ainda soltou os trailers de suas novas séries: Demolidor e Bloodline. 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s