especial john hughes – curtindo a vida adoidado

curtindoEscritor compulsivo, John Hughes escreveu o roteiro de Curtindo a Vida Adoidado em apenas seis dias. Sendo roteirista, diretor e produtor, ele tinha liberdade para fazer mudanças. Muitas das cenas foram improvisadas e sequer estavam descritas, como quando o diretor Ed Rooney e a secretária Grace enrolam o pai de Sloane (Cameron, na verdade) no telefone. O título, Ferris Bueller’s Day Off, é uma homenagem ao seu amigo Bert Bueller. Cameron também foi inspirado num amigo de adolescência. Aliás, muito do filme vem do próprio diretor, como o endereço da casa de Ferris, que é o mesmo de sua infância. O quarto também foi projetado por ele, quase uma réplica do seu quando era adolescente, e as cenas externas da escola foram feitas onde Hughes estudou.

A história de Curtindo se passa na primavera, mas as filmagens ocorreram no outono. Folhas amareladas das árvores precisaram ser pintadas, mas é possível vê-las amarelas/vermelhas em algumas cenas e no reflexo no para-brisa da Ferrari, que não era uma Ferrari de verdade, mas uma réplica (três, para ser exato)- o aluguel e o seguro custariam muito caro para o orçamento do filme. A elogiada trilha sonora foi escolhida por Hughes, um apaixonado por música, que queria que o filme soasse novo. Ele se recusou a lançar um disco da trilha, alegando que as músicas não funcionariam se fossem ouvidas seguidamente.

curtindo hughes

A edição modificou e clareou algumas coisas. Quando Hughes achava que uma cena não estava funcionando, ele a alterava. Na cena em que Ferris e Cameron buscam Sloane na escola, Ferris e ela se beijam longamente, para estranhamento de Ed. O beijo era rápido, mas a edição fez parecer demorado para debochar de Ed. Duas cenas que “arranhariam” a reputação de Ferris foram deletadas. A primeira explicava de onde ele conseguiu dinheiro para bancar o dia de folga, e a segunda mostrava o maitre do restaurante rindo de Ferris, que pediu uma comida francesa sem saber que era feita de timo. Na cena em que Cameron diz que eles não fizeram nada de bom durante o dia, Ferris enumera tudo que fizeram e diz que até comeram pâncreas. Na cena que explicaria o dinheiro, Ferris pergunta ao pai onde estão os títulos que ele comprou quando ele nasceu. Ferris pega um desses título e o desconta no banco. Hughes retirou a cena para que o público não visse Ferris como um ladrão.

Charlie Sheen ficou sem dormir por 48 horas para parecer drogado. Seu personagem se chama Garth Volbeck (segundo um documentário). O sobrenome Volbeck aparece duas vezes ao longo do filme: é o sobrenome do cliente da mãe de Ferris e também o nome da empresa de guincho que reboca o carro do diretor Rooney.

curtindo a vida adoidado

Molly Ringwald e Anthony Michael Hall foram cogitados para fazer Sloane e Cameron. Ringwald já não tinha a mesma relação que tinha com Hughes (ele chegou a dizer que Mia Sara tinha mais classe), e Hall quis trabalhar com outros diretores, já que vinha de três filmes seguidos com ele. Emilio Esteves e até John Candy foram cotados para o papel do Cameron. O primeiro não aceitou e Candy foi considerado velho demais. Alan Ruck ficou com o papel, tinha 29 anos na época, seis a menos que Candy. Tanto Alan quanto Cameron fazem aniversário no mesmo dia, 1º de julho.

curtindo a vida adoidado 3

A sequência do desfile foi feita durante o Dia de Von Steuben, uma homenagem ao herói da independência Friedrich Wilhelm Von Steuben, que tinha origem germânica. Parte do público visto no filme compareceu ao chamado feito pela equipe. Foram feitas coreografias, mas prevaleceu o “calor do momento”. Muitos dos que aparecem dançando estavam só de passagem e Matthew Broderick foi orientado por Hughes a esquecer a coreografia. A música Danke Schoen é cantanda quatro vezes durante o filme: Ferris a canta no chuveiro, depois Ed a canta enquanto toca a campainha da casa de Ferris, vem a cena do desfile e no final, quando Jeanie vai embora da delegacia.

Inicialmente, Ferris tinha irmãos menores, por isso há desenhos de criança pela casa e no escritório do pai, feitos pelo filho mais novo de Hughes, que tinha seis anos na época. Depois do filme, Matthew Broderick e Jennifer Grey engataram um namoro. Cindy Pickett e Lyman Ward, os pais de Ferris, também começaram a namorar, mas foram mais longe e se casaram. John Hughes faz uma rápida aparição numa das tomadas da cidade, ele é um homem que atravessa a rua de jaqueta azul.

Segunda parte do especial John Hughes, que começou com o perfil do diretor.

Curta o blog no Facebook!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s