why so serious?

O Brasil está passando por um período bem turbulento. O mundo todo, na verdade. Acho que turbulento nem é a palavra mais adequada. Talvez incerto seja melhor. Eu, aqui no Rio, só ouço notícias ruins. Sobre o Carnaval, quase nada. É o aumento de casos de assaltos, tiroteios e ônibus incendiados, o trânsito que a cada dia está pior, os serviços que não funcionam, os candidatos a governador… Tudo isso está conectado, é a única coisa clara no momento. O descontentamento geral é justificado, obviamente, vivemos num país precário em que as medidas são provisórias e improvisadas, mas pro resto da vida. No entanto, estamos entrando no perigoso estado de paranoia.

A paranoia e o pânico levam ao pessimismo e ao cinismo burro, que tenta ter alguma graça, mas é apenas estúpido, como aquele comentário machista dito pelo colega babaca que se acha humorista. E no Facebook não há um único post alegre ou engraçado. Logo no Facebook, que sempre foi uma galhofa e vitrine de vaidade. Tudo agora é catastrófico. É de ler e ficar deprimido. Da nada saudável barrinha de ceral ao Joaquim Barbosa. Continuando a metamorfose, quando nos tornamos pessimistas e cínicos burros, perdemos a habilidade de rir de nós mesmos e passamos a ver tudo com uma seriedade absurda. E o pior, levamos tudo ao pé da letra.

Why so serious? Por que precisamos ser tão sisudos e até agressivos? Por que a gente precisa se explicar tanto? Temos mesmo que alertar quando contamos uma piada ou estamos sendo irônicos? Por favor, vamos tomar um sorvete e rir de nós mesmos. Estamos ficando patéticos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s