quero ser martin scorsese

Christian Bale;Amy AdamsNo ano passado, eu criei polêmica ao dizer que não gostei de O Lado Bom da Vida. A polêmica foi tão grande, já que todo mundo amou o filme, que teve até desfile de lingerie e venda de shake dietético. Mentira, não foi tudo isso, mas ninguém entendeu porque eu não curti e eu não também entendi porque o povo amou. Um ano depois, o mesmo David O. Russel ataca de novo, agora com Trapaça, indicado a 10 Oscar. Como já imaginava, é um filme tão superestimado quanto o anterior, mas é melhor.

Para mim, ser melhor que O Lado Bom não necessariamente significa que o filme é incrível, pois não é. Trapaça é uma versão vegana de Martin Scorsese. Estão lá a narração em off, a câmera seguindo os personagens, os flashbacks da infância… todo o estilo (tem até ponta de De Niro), menos a substância. E neste Oscar que tem Scorsese integral com O Lobo de Wall Street, esta diferença aparece descaradamente.

Irving Rosenfeld (Christian Bale) é um vigarista com várias especializações que encontra na ambiciosa Sydney (Amy Adams) sua parceira ideal. Ambos acabam caindo nas mãos do detetive do FBI Richie DiMasio (Bradley Cooper) e são forçados a cooperar com os federais parar armar flagrantes envolvendo políticos de New Jersey. As coisas vão bem, até que Sydney se envolve com Richie, desestabilizando a relação com Irving. E a esposa deste, Rosalyn (Jennifer Lawrence), muda as regras do jogo. Tudo se explica e se resolve no final.

Como disse Tina Fey no Globo de Ouro, Trapaça é uma explosão na fábrica de perucas. Apenas isso. Christian Bale e Amy Adams estão muito bem em seus papéis, mas ninguém ali merece um Oscar. Não se a gente vir os concorrentes. Em uma cena, Irving pede a opinião de Richie sobre um Rembrandt no museu. Richie diz que é bonita e se espanta ao ouvir de Irving que ela é uma falsificação. A cena é para falar que as pessoas acreditam no que elas querem, mas ele indaga: “Quem é o mestre, o pintou ou falsificador?”. No caso de Trapaça, o pintor ainda é o verdadeiro mestre.

Anúncios

4 comentários em “quero ser martin scorsese”

    1. Hahahaha! Sabia que voc ia dizer isso. A verdade que eu nunca vou conseguir gostar de O Lado Bo, e olha que revi parte dele depois. Mas quanto a Trapaa, tiraria facilmente do Oscar e colocaria Rush no lugar, por exemplo.

      1. Hahahahaha, como sou previsivel!
        Sim, acho q Trapaca foi mega valorizado no Oscar e corre risco de se juntar a A Cor Purpura como maiores perdedores, 10 indicacoes e nenhum premio.

      2. Sabe que esta semana saiu uma entrevista com um membro da academia e ele falou a mesma coisa: Trapaça vai ser como A Cor Púrpura, vai voltar pra casa de mãos vazias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s