os segundos atos de true detective e shameless

true detectivePor um segundo eu achei que o Rust iria consolar o Marty e dizer algo como “esfria a cabeça e espera até amanhã”. Que nada, foi só um ” e eu com isso?” típico dele. E assim True Detective entrou no segundo ato da temporada, bem mais ágil e movimentada que a primeira parte. Eu já disse que é a melhor estreia do ano? Matthew McConaughey e Woody Harrelson arrasam, assim como os atores coadjuvantes. Não há nada fora de sincronia na série. São personagens tão bem desenvolvidos que nem teve a necessidade de apresentá-los. A gente foi simplesmente jogado na história sem qualquer tipo de aviso e não foi preciso nem cinco minutos para entender as coisas.

Os 10 minutos finais de  What Goes There foram puro “uau”. Uma tomada só em que muita coisa aconteceu e tudo mudou. As reais identidades foram reveladas. Marty deixou de ser o bom pai de família e virou o marido traidor, enquanto Rust teve que voltar a ser o junkie que era. Episódio sensacional!

shamelessJá Shameless andava esquisitinha. Aquela união das temporadas passadas se dissolveu e todos os personagens passaram a ter núcleos próprios. Mas tudo mudou no episódio passado. É estranho quando Shameless choca, pois é a série mais politicamente incorreta da televisão, mas era só uma questão de tempo até as coisas explodirem. Foi bonito ver como eles usaram os quatro primeiros episódios para construir o arco central da temporada. Ian finalmente apareceu, e totalmente mudado. Há quem diga que ele esteja sob efeito de drogas, mas eu acho que ele é bipolar como a mãe. Lip passou o episódio todo com Debbie (meus personagens favoritos) e o olhar que ele deu no final foi desolador, mas triste mesmo foi ver Carl ser deixado de lado por Frank depois de tudo que ele fez pelo pai. Eu amo Shameless e como ela não tem medo de ser tão errada e verdadeira.

Anúncios

4 comentários em “os segundos atos de true detective e shameless”

  1. Ufa! Finalmente consegui minha internet de volta. Tudo bom contigo Alexandre?
    Bom, Shameless realmente me surpreendeu, e isso não acontece desde a primeira temporada, quando eu estava conhecendo a serie e ficando ciente de que tudo podia acontecer ali. Ja estava meio irritada com a Fiona desde o começo da temporada, nesse momento desejo mesmo que ela sinta aquela solidão toda que mostrou no fim do episodio anterior. Também não acho que o Ian estava sob efeito de drogas, acho mesmo é que ele surtou com toda a situação que ele se encontrava. E o Lip, morro de pena, logo quando ele esta se encaixando com a faculdade, vem as desgraças. Mas sem elas não seria Shameless né.

    1. Oi, Mayara! Quanto tempo!

      Shameless tá linda. Viu o último episódio? Achei fofo o Mickey resgatando o Ian e meio que assumindo que ele é o amor da vida dele. A série amadureceu muito.
      O Denny Duquette vai entrar na série como o novo patrão da Fiona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s