animais cruéis

true detectiveEnquanto o canal AMC procura uma nova série de prestígio para ocupar o lugar de Breaking Bad e Mad Men, a HBO parece ter acertado mais um hit. True Detective já pode ser considerada o melhor lançamento do ano (mas hein, ainda estamos em janeiro). É mais uma série lentinha de investigação, como The Killing (Não por acaso, o criador da série é o escritor  Nic Pizzolatto, roteirista de 2 episódios de The Killing), mas tem a estranheza de Top of the Lake. 

A história se passa em dois tempos. Em 1995, Marty (Woody Harrelson) ganha um novo parceiro, Rust (Matthew McCounaughey), com que passa anos na cola de um serial killer. Já em 2012, ambos são chamados pela polícia para falar sobre o caso. Nas entrevistas individuais, ficamos sabendo que os dois não se falam há dez anos, mas não sabemos o que aconteceu nesta lacuna. O primeiro episódio tem a função de acertar o clima, apresentar os personagens e mostrar que o caso não foi encerrado. E olha, te prende!

Woody Harrelson está ótimo, mais uma vez fazendo o papel do caipira. Marty é pai de família, tradicional, bem cristão da Louisiana, onde se passa a série. Já McConaughey está sensacional como Rust, o cara esquisitão e amargurado, preso aos seus fantasmas. Ele não é o anti-herói que estamos acostumados e vem dele a esquisitice da série. Magérrimo (a série foi rodada pouco tempo depois de ter filmado Clube de Compras Dalla, para qual ele emagreceu 21 kg), ele está ótimo nas duas fases. Os dois personagens são distantes (incrível como conseguiram filmar eles tão distantes sentados dentro do carro), o oposto um do outro, e complementares ao mesmo tempo. Talvez a graça de investigar um assassino em série será tão interessante quanto ver a evolução dos dois e as consequências em suas vidas.

Ótima também é a direção do Cary Fukunaga para o texto do Pizzolatto. Sem falar das locações desoladoras e da belíssima fotografia. É uma série que promete.

Assim como American Horror Story, True Detective é uma série antológica. A primeira temporada tem apenas oito episódios. Corre pra assistir, ela é linda (naquele sentido que vocês sabem como é)!

Anúncios

3 comentários em “animais cruéis”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s