nenhum animal foi machucado

Toda produção americana que envolve animais e crianças tem a fiscalização da AHA – American Humane Association. É responsabilidade dela assegurar o bem estar da criança ou do animal durante as filmagens e é ela quem quem emite o certificado “nenhum animal sofreu maus tratos durante a produção do filme”. No ano passado, quando entidades de protetoras dos animais pediram boicote ao filme O Hobbit, a AHA chegou a dizer que cogitava a proibição do uso de animais em produções de entretenimento. Porém, as coisas não parecem ser tão certas assim. Um e-mail obtido pelo Hollywood Reporter  coloca em xeque a credibilidade da associação. Gina Johnson era a representante da AHA nos sets de As Aventuras de Pi e escondeu a quase morte por afogamento do tigre King, usado nas tomadas não-CGI. “Acho que não preciso dizer para não mencionar isso para ninguém, especialmente para o escritório”, diz ela no final. Na época, Gina estava num relacionamento com um produtor executivo do filme.

No ano retrasado, outro caso envolvendo morte de animais em sets  ganhou as manchetes. Segundo o treinador John Smythe, a AHA se recusou a investigar a morte de 27 animais usados em O Hobbit – Uma Jornada Inesperada. Foi ele quem expôs o caso para a associação, que primeiramente disse não ter provas concretas. Depois de dizer que ele mesmo havia enterrados os animais – ovelhas, cavalos e bodes mortos por desidratação e exaustão -, a AHA disse que não poderia investigar, pois as mortes ocorreram durante um hiato da produção. E ficou por isso mesmo. Tanto As Aventuras de Pi quanto O Hobbit ganharam o certificado de que nenhum animal sofreu maus tratos durante a produção.

Já o caso da série Luck foi um pouco diferente. Durante a primeira temporada, dois cavalos acabaram morrendo durante as gravações. E no início das gravações do que seria a segunda temporada, um cavalo precisou ser sacrificado depois de um acidente. A morte do terceiro cavalo foi o que faltava para o cancelamento da série.

Vale a pena ler a matéria completa do Hollywood Reporter para conhecer casos que nunca se tornaram públicos e por que a AHA já não é mais garantia do bem estar animal nos sets.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s