querida mamãe

mamaNoite de sexta-feira e eu comecei a ver Mama, filme que um dia pareceu ser bastante promissor mas que a opinião da crítica e do público acabou me fazendo desanimar.

O filme é baseado no curta de mesmo nome (Mamá, na verdade) do diretor Andrés Muschietti, que Guillermo del Toro viu, gostou e transformou em longa, com Muschietti na direção. Com toda a sinceridade do mundo, o curta é muito melhor que o filme.

Mama começa com uma tragédia não mostrada. Jeffrey (Nikolaj Coster-Waldau) pega suas filhas pequenas, Victoria e Lilly, e foge a toda velocidade por uma estrada. Ele perde o controle do carro, que acaba caindo numa ribanceira, apenas para os três pararem numa cabana abandonada no meio do floresta. É ali onde mora a Mama do título, que cria e acompanha as garotas quando elas são encontradas anos depois pelo tio, irmão gêmeo de Jeffrey, Lucas. Annabel (Jessica Chastain), casada com Lucas  e sem um pigo de senso materno, inesperadamente se torna a segunda mama, que deve proteger as meninas da Mama sobrenatural.

O filme começa muito bem, mas começa a causar estranhamentos – um é a peruca da Chastain. Alguns furos aqui, outro ali e  tudo começa a ficar extremamente brega. Só terminei de ver o filme no dia seguinte porque a luz acabou e me deu o susto que o filme não conseguiu me dar.

Anúncios

2 comentários em “querida mamãe”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s