por pouco

Recentemente, a Academia elegeu uma presidente, Cheryl Boone Isaacs, e sua primeira decisão foi criar o departamento de diretores de elenco. São eles os responsáveis por encontrar atores que se encaixem nos papéis. Por exemplo, você imagina alguém no lugar de Jodie Foster e Anthony Hopkins em O Silêncio dos Inocentes? Eu não, mas às vezes as escolhas podem ser difíceis – ou não. Aqui alguns atores que quase conseguiram papéis.

Jeremy Sisto – Titanic. Em 1996, Hollywood estava habitada por jovens atores com carreiras promissoras em Hollywood. Jeremy Sisto era um deles, o galanzinho de As Patricinhas de Beverly Hills ao lado de Paul Rudd. Ele fez teste para Titanic, mas o papel, como todo mundo sabe, ficou com Leonardo DiCaprio. Pesou na decisão de James Cameron o pedido de Kate Winslet, que nem estava confirmada como Rose. As filmagens foram complicadas, ainda mais para uma atriz de 19 anos que nunca havia feito um filme daquela escala (e protagonista). Em várias entrevistas, Winslet disse que não teria conseguido acabar o filme se não fosse por DiCaprio.

Tom Selleck – Os Caçadores da Arca Perdida. Tom Selleck era huge em 1980 e foi escolhido para ser Indiana Jones. O problema era que Selleck fazia televisão, a série Magnum, e as gravações bateriam com as filmagens. Foi aí que Harrison Ford ficou com o papel, por decisão de Spielberg, já que George Lucas achava que o ator estava marcado demais por Han Solo de Guerra nas Estrelas. Para o azar de Selleck, uma greve de roteiristas adiou as gravações de Magnum e ele poderia ter feito o filme. 

Chris Klein – Mamma Mia! Ok, este filme não é nenhum marco e muito menos o papel, que ficou com Dominic Cooper, mas o teste de Klein é hilário. Ninguém sabe se ele estava de sacanagem, sem medicação ou super louco, mas ele assim é mais interessante que ele normal. 

Kurt Russell – Star Wars. Ele quase foi Han Solo, mas Harrison Ford ficou com o papel no último minuto. Nos anos 1970, Russell era a cara da Disney, tinha assinado um contrato de dez anos com o estúdio, então fazer Star Wars, ainda nesta década, seria um redirecionamento na carreira. Nos anos 1980, Russell passou a fazer filmes de ação e ficou marcado como um anti-herói. 

Marlo Brando – Juventude Transviada. Este filme só estreou oito anos depois deste teste de 1947. Na verdade, o roteiro parcial de Juventude era usado para fazer testes, como o de Brando, aos 23 anos. Quando James Dean estrelou o filme, o roteiro já era outro. 

Anúncios

Um comentário em “por pouco”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s