.doc: a caverna dos sonhos esquecidos

caverna dos sonhos esquecidosEu não vou falar que vai ser a nova série do blog porque toda vez que eu falo isso, as coisas desandam e eu nunca mais dou um pio. Mas, quando puder, vou falar de documentários. Sempre, no mínimo, interessantes. O de hoje é A Caverna dos Sonhos Esquecidos (Cave of Forgotten Dreams), a impressionante e belíssima caverna onde foram descobertas  pinturas rupestres com mais de 30 mil anos.

Um documentário sobre uma caverna, suas formações e pinturas rupestres parece não ser diferente do que se vê na National Geographic (e isso não tem nada de ruim), mas A Caverna é um filme de Werner Herzog, e ele vai muito além de apenas mostrar as pinturas ou investigar os homens que as fizeram (soma-se personagens “curiosos” como um pesquisador “selvagem” e um outro que trabalhava no circo). A Caverna de Chauvet fica no sudeste da França, na região de Ardèche, e só foi descoberta em 1994. Por milênios ela permaneceu selada, uma capsula do tempo absolutamente separada do restante do mundo, e assim ela continua. Apenas pesquisadores autorizados podem entrar por um determinado número de horas.  Herzog conseguiu autorização do governo francês para passar quatro horas diárias com uma equipe de até quatro pessoas, e o que ele filmou foi uma das coisas mais bonitas e comoventes que já vi.

As pinturas de animais nas paredes da caverna eram suas representações, suas histórias. E eles tinham uma maneira muito sofisticada de registrar suas caças e observações. Em alguns “murais”, os animais estão em movimento, em outros, é uma história sentimental.

Como um bom contador de histórias, Herzog não separa ciência de espiritualidade, e os próprios pesquisadores vêem algo de místico na beleza de  Chauvet. Não é uma tentativa de recriar o passado, e Herzog sabe que isso não é possível, mas de se encontrar interpretações. Afinal, esta é a beleza de se contar histórias. E foi assim que tudo começou.

Ainda não se sabe exatamente para que servia a caverna, mas não há dúvidas de que aqueles homens queriam contar suas histórias. E isso é fascinante e poderoso.

A Caverna dos Sonhos Esquecidos é um documentário de 2010. Passou pela Mostra 2011 de São Paulo e estreou no finzinho do mesmo ano aqui no Rio, apenas no IMS. A estreia nacional foi no início deste ano (!) e até algumas semanas continuava em cartaz em algumas cidades. Se você procurar, vai encontrar facilmente no mundo mágico da internet (completo e legendado aqui). Eu acabei comprando o blu-ray achando que não teria chance de ver por aqui.

Anúncios

2 comentários em “.doc: a caverna dos sonhos esquecidos”

  1. Yay!!! Sim, por favor, fale sobre documentários com a maior frequencia possível. Eu adoro documentários, de paixão. Apesar de ter lido em algum lugar sobre esse, não assisti, mas como você entregou na bandeja, com certeza que vou ver.

    1. Já era uma coisa que queria falar há tempos. Este post estava no limbo dos rascunhos há alguns meses até que me dei conta da quantidade de documentários que ando vendo.
      Espero que goste de A Caverna dos Sonhos Esquecidos, depois vem me dizer o que achou!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s