gossip girls

magazine warsDificilmente este post sairia se eu não fosse apaixonado por Rachel Griffiths, que por cinco temporadas fez de Brenda (Six Feet Under, como sempre) uma das personagens mais densas e interessantes da televisão. Depois de longos anos sendo mal aproveitada em Brothers & Sisters, ela voltou à Austrália e co-estrela a minissérie Paper Giants: Magazine Wars. Esta é a continuação da minissérie Paper Giants: The Birth os Cleo, de 2011, sobre a revista feminina Cleo. Já Magazine Wars é sobre a rivalidade de duas revistas de fofocas e como a ética foi redefinida para aumentar as vendas.

Nos anos 1980, Dulce Boling (Griffiths) se torna a editora da revista New Idea, tendo como uma das principais repórteres a ambiciosa Nene King (Mandy McElhinney). Quando Nene descobre que uma outra revista está com uma vaga para editora em aberto, ela pede para que Dulce a indique, mas seu pedido é negado e as duas se tornam inimigas. Nene se demite e vira editora da revista Woman’s Day, com a difícil tarefa de aumentar as vendas. Aí começa, ladeira abaixo, o jornalismo de fofocas e escândalos de celebridades. A Woman’s Day se torna a revista mais vendida e Dulce é obrigada a usar as mesmas táticas da rival, fazendo suposições, previsões e invadindo a privacidade alheia.

A minissérie foi recebida com elogios, com destaque para o texto afiado e o elenco. 

Anúncios

2 comentários em “gossip girls”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s