a rainha branca e o trono de ferro

the white queenA BBC se prepara para estrear a minissérie de dez episódios  The White Queen neste verão do hemisfério norte. A minissérie conta a história que durou 30 anos entre duas casas de uma mesma família : York (rosa branca) e Lancaster (rosa vermelha), entre 1455 e  1485, a chamada Guerra das Rosas. E por que esta história é particularmente interessante para nós? Bem, ela é, talvez, a principal base de Game of Thones. Veja o resumo da ópera:

A Inglaterra vivia os últimos dias da Guerra dos Cem anos e sofria contínuas derrotas. Com a morte do rei Eduardo III, os York apoiaram Henrique VI ao trono, embora ele tivesse problemas mentais e fosse incapaz de armar estratégias políticas e militares. A ideia dos York era que Henrique VI morreria em pouco tempo e o trono passaria para Ricardo de York, no entanto, o rei gerou um herdeiro. Ameaçado, Ricardo começou a articular com barões o afastamento da família Lancaster da administração geral. Insultado, Henrique organizou um exército contra Ricardo, mas foi derrotado. Em seguida, a família Lancaster se juntou a Henrique e derrotou os York, que se refugiaram na Irlanda. Incansável, Ricardo e seus aliados travaram mais uma batalha contra os Lancaster e venceram, mas quando Ricardo estava quase chegando ao trono, foi brutalmente assassinado.

A família York manteve os planos, mas agora com o filho de Ricardo no poder, Eduardo IV. O exército dos Lancaster foi destruído e Henrique VI foi para a Escócia. Enquanto Eduardo permaneceu no poder, nobres aliados a ele começaram a se desentender, com rompimentos e apoio aos Lancaster, isso possibilitou o retorno de Henrique VI ao trono. Como os nobres iam sempre para o lado mais favorável a eles, pouco tempo depois, Eduardo IV reconquistou a confiança de alguns nobres, foi vitorioso em uma batalha e voltou ao trono. E como o seguro morreu de velho, matou Henrique VI e seu herdeiro e vários membros da família Lancaster,

Eduardo ficou no poder até sua morte, em 1483, e seu sucessor foi o irmão mais novo de seu pai, Ricardo III. Eduardo tinha dois filhos que desapareceram misteriosamente na Torre de Londres. Nesse período, os Lancaster decidiram apoiar um novo pretendente ao trono: Henrique Tudor. Surpreendentemente, Tudor venceu Ricardo e se tornou o novo rei. E para selar a paz com os York, casou-se com Isabel de York.

Duas casas em guerra, alianças que se forjam e se quebram, dança dos tronos, desaparecimento de príncipes, torres, rei louco… e as coisas não param por aí.

Os York eram do norte, assim como os Stark. Os Lancaster, assim como os Lannister, eram ricos, mas não se sabe se sempre pagavam suas dívidas. Robert Baratheon e Robb Stark têm muito de Eduardo IV. Cersei tem grande semelhança com Marguerite d’Anjou, mulher de Henrique VI. Com um marido mentalmente instável, Marguerite é quem exercia o poder quando Henrique não estava disposto, dizem que seu único filho era ilegítimo, pois Henrique era impotente (alô Joffrey). Cersei também lembra a rainha Isabella, que no início do século XIV planejou e, possivelmente, matou seu marido com a ajuda de seu amante. O rei Eduardo II era bissexual (oi Reinly). Ao contrário de Cersei, Isabella foi muito competente no ramo da política.

The White Queen é baseada no livro The Cousin’s War, de Phillipa Gregory. É uma perspectiva feminina da guerra. Agora eu uso os nomes em inglês porque a legenda vai mantê-los assim.  Edward IV (Max Irons) consegue chegar ao trono com a ajuda do Lorde Warwick (James Frain) e se casa secretamente com Elizabeth Woodville (Rebecca Ferguson), uma jovem viúva por quem era apaixonado. Elizabeth passa a exercer grande influência nas decisões de Edward, o que deixa Warwick inseguro quanto sua posição de conselheiro. Logo, ele casa sua filha Anne Neville (Faye Marsay) com o irmão caçula de Edward, Richard (Aneurin Bernard).

um detalhe: Elizabeth era filha de uma bruxa (!) e ficou conhecida como a mulher mais bonita do reino, tal qual Cersei.

Anúncios

3 comentários em “a rainha branca e o trono de ferro”

      1. Oi, Tai. Não há previsão de estreia no Brasil. Neste caso, a internet é sua melhor amiga. A BBC cancelou a ideia de uma segunda temporada (o que a tornaria uma série), mas o canal americano Starz (onde a minissérie foi bem aceita), co-produtor, quer uma segunda temporada intitulada The White Princess. Isso talvez anime um canal pago brasileiro. De qualquer modo, não espere vê-la tão breve por aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s