bem-vindo à idade média

Já há um tempo que eu tenho falado aqui no blog sobre a onda de falso moralismo e fundamentalismo que anda assolando o mundo. Ontem, o Youtube chegou a tirar do ar o novo clipe do David Bowie, The Next Day, que fala sultilmente sobre estes dias cada vez mais escuros. Nele, o próprio Bowie é um Jesus Cristo numa espécie de igreja/prostíbulo, onde a Maria Madalena de Marion Cotillard trabalha e é seduzida pelo padre safadinho vivido pelo Gary Oldman.

O Google disse que a censura foi um “erro técnico”. Sério, Google? Já a Liga Católica postou uma nota em que chama Bowie de “cidadão idoso bissexual de Londres”, e que o clipe “reflete o artista – é uma bagunça”. No mesmo dia, em terras fluminenses, o pastor Marcos Pereira, líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, foi preso acusado de estuprar seis mulheres (há ainda outros 20 casos) em orgias numa igreja em São João de Meriti e em seu apartamento de oito milhões de reais na Avenida Atlântica, em Copacabana. Além disso, o pastor é investigado por associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e o assassinato de uma crente que tentou denunciar as orgias.

A Assembleia de Deus dos Últimos Dias prega que seus crentes não devem ler jornais, revistas e muito menos ver televisão. Também não devem usar as cores preta e vermelha e também não devem ter animais e plantas, pois espíritos malignos podem se esconder neles. Isso justifica o apoio ao pastor e risca qualquer indício de dúvida, comparando Marcos Pereira a Jesus.

Mas vem cá, se crente não pode ler jornal, revista e nem ver tv, pode entrar na internet?

De qualquer forma, isso me choca muito mais que o clipe do Bowie.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s