o final de temporada de smash

Eu devo amar muito os 20% que valem de Smash, só isso me faz aguentar personagens e tramas pobres e ter o prazer de comentar. E pelo visto, eu nado contra a correnteza, porque quando eu critico, todo mundo elogia e vice-versa. O último episódio da temporada foi surpreendentemente bom justamente porque não teve tempo para os insuportáveis dramas pessoais dos personagens e focou na reestreia de Bombshell.

Se a diva Rebecca (Uma Thurman) decidiu deixar a peça no meio das apresentações em Boston, quem iria substituí-la, Karen ou Ivy? Esse foi o “suspense” do episódio e da temporada, e pela primeira vez, o draminha pessoal Karen e Dev serviu para a história central andar. Logo no início do episódio, o personagem mais desprezível de toda a televisão foi deixado de fora. Eileen demitiu Ellis, então toda a tensão de refazer um musical em menos de um dia ficou concentrada nos personagens que realmente importam. Resumindo, foi um episódio de bastidores, como foi o piloto e como a série tinha prometido e não cumprido.

Este episódio, assim como todos os outros, foi escrito pela showrunner Teresa Rebeck e o roteirista Scott Burkhardt, o que mostra que todas aquelas tramas bobas mostradas durante a temporada realmente não serviram para nada. A renovação para a segunda temporada só aconteceu por causa da saída de Teresa da cadeira de showrunner, então não dá para antecipar o que está por vir, mas espero Joshua Safran, o novo showrunner, corte de vez as arestas da série e mantenha o ritmo deste episódio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s