nome é tudo

Se a gente der uma olhada nas séries que estão para estrear este ano, veremos que muitas delas já mudaram oe título duas e até três vezes. Produtores e executivos são unânimes ao dizerem que o batismo é importantíssimo para o sucesso de uma série. Sim, não é tudo, mas é meio caminho andado para conseguir fisgar o telespectador que zapeia e faz mil coisas enquanto assiste televisão. Não dá para ser “aquela série dos policiais” ou “a do casal engraçado no apartamento”. O nome de uma série precisa ser claro e direto, divertido ou provocador, mas sem ser ofensivo. Tem que resumir o argumento da série, dar o contexto, mas não pode ser complicado. Em suma, precisa ser facilmente lembrado e identificável.

Friends quase foi Six of One ou Across the Hall, depois virou Friends Like Us, até que alguém disse “por que não só Friends”. Até o último momento, a decisão de batizar apenas de Friends foi incerta.

O diretor da ABC Lloyd Braun gostava do título de um programa da NBC chamado Lost. Alguns anos depois, descansando no Havaí e vendo Náufrago, Braun pensou numa série com pessoas perdidas numa ilha e levou a ideia para o canal, que encomendou o projeto. O primeiro esboço tinha o nome de Nowhere. Braun detestou. Começaram tudo novamente, agora com Damon Lindelof e J. J. Abrams, e foi decisão irrevogável de Braun chamá-la de Lost.

The Good Wife parece um título perfeito, mas a série de Alicia não tinha nome definido até as gravações do piloto. O casal Michelle e Robert King pensou em 75 – 100 nomes. The Whole Truth, In the Spotlight, Leave the Bastard. O título The Good Wife surgiu quando o casal conversava sobre a personagem com David Zucker, presidente da Scott Free. Eles falavam que Alicia era a “boa esposa”, e em retorno, ao agente dos King, Zucker disse ter amado “a boa esposa”.

Grey’s Anatomy é uma brincadeira com o atlas de anatomia Gray’s Anatomy, mas a série médica ia se chamar Complications ou Surgeons. Na verdade, Grey’s não seria uma séria médica, mas sobre jornalistas. Curiosamente, a nova série de Shonda Rhimes, Scandal, é sobre uma ex-assessora de imprensa da Casa Branca. Sacandal também não foi o primeiro nome da série, durante um bom tempo circulou como Damage Control.

Mais: Up All Night ia ser Alpha Mom e Awake se chamaria REM. Chicago Hope quase foi Chicago Sinai, Buffy the Vampire Slayer era simplesmente Slayer, e o programa mais rentável há anos, American Idol, ia ter o mesmo nome do original britânico Pop Idol, mas depois do fracasso do reality Popstars (que no Brasil formou o Rouge), a Fox bateu o martelo e American Idol é líder de audiência há 11 anos.

Anúncios

3 comentários em “nome é tudo”

  1. Gostei mto desse post. Extremamente interessante e diferente. Ele traz curiosidades, mas pontos importantes a serem refletidos sobre marketing, ou até mesmo sobre a maneira como nos apresentamos ou nos vendemos. Mandou bem.

    1. É verdade, imagina se The Good Wife se chama-se “Leave the Bastard”? Hahaha, serie inimaginável, assim como eu acho que Friends não teria virado um sucesso se tivesse outro nome.

      História de nomes me acompanham desde criança. Eu sempre achei que eu estava predestinado a me chamar Alexandre, pois a primeira escolha era Aluízio, em homenagem a um amigo/padrinho dos meus pais. Na última hora, eu virei Alexandre, e por conta da pedra alexandrita. Não é nem porque eu ame meu nome, mas se eu tivesse outro, eu não gostaria dele.

      Queria ter mais tempo para escrever posts como este…

  2. Engraçado, eu qd criança, queria mto ser Sebastião por causa do meu avô, que tinha esse nome, assim como o pai dele e o meu tio. Mas depois descobri que eu já carrego uma sequência. Meu bisa era José, meu avô Acyr José, Meu pai, José Roberto. Se eu tiver um rebento, ele receberá José.
    E depois q fui pra Minas, passei a gostar do Eduardo. De verdade. Nem ligava pra ele. Hoje tb não me vejo com outro nome.

    É, TGW com esse nome seria foda!!!! Cruzes.
    Ah, qd tiver tempo faça posts como esse: O Mundo dos curiosos by ALexandre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s