finalmente agora

Estava vendo a lista de lançamentos em DVD de fevereiro, leitura rápida porque nada chamava atenção, até que… Alexandria, distribuido pela Flashstar. “Será, será?”, eu pensei. E era. Com 3 anos (eu disse três) de atraso, Ágora, do Alejandro Amenábar finalmente chega ao Brasil de forma legal com o título Alexandria. Durante este tempo, eu tentei baixar (não havia nem promessa de estreia), mas a qualidade era sempre péssima.

Ágora, ou Agora, ou Alexandria, conta a história da filósofa, astrônoma e matemática Hypatia (Rachel Weisz) e sua tentativa em salvar o conhecimento durante a invasão cristã e seu fundamentalismo à Alexandria em 391.

Pela lista, o lançamento fica para o dia 23/02.

troca de pronomes

Qual é a diferença entre Deixa Ela Entrar e Deixe-me Entrar? Basicamente, o elenco da versão americana é melhor. Kodi Smit-McPhee e Chloe Moretz sustentam o filme e todo seu peso intercalando delicadeza com violência, dirigidos com carinho por Matt Reeves. As cenas entre Chloe e Richard Jenkins impressionam e nem parece que ela  tinha apenas 13 anos quando as filmou.

Remake é uma palavra muito pesada no cinema, geralmente é visto como algo ruim, de qualidade inferior. No caso de Deixe-me Entrar, a notícia boa é que nada foi amenizado, como se imaginava que ia acontecer. A notícia ruim, se é que ela é realmente ruim, é que não há nada de novo. Se em Deixa Ela Entrar os pais de Oskar tinham destaque (havia até uma indicação de que o pai era gay), em Deixe-me Entrar o tempo de filme deles é mínimo, o rosto da mãe nem aparece, reforçando a solidão de Owen – a história passou de Estocolmo para o Novo México, assim os nomes mudaram – e só ouvimos a voz do pai pelo telefone.

O mercado de filmes nos Estados Unidos é um tanto estranho, é um mercado que rejeita legendas e a dublagem não é das melhores, mas essa não é a única justificativa para um remake. Um filme falado em inglês é mais fácil de ser comercializado do que um falado em russo, por exemplo. Então eles pegam um filme que fez considerável sucesso num público específico e fazem uma versão para atingir uma plateia mais ampla. No Brasil, Deixa Ela Entrar só foi visto por quem foi ao cinema (distribuído pela Mostra Internacional) ou baixou o filme, pois não há DVD. Para sorte de quem não viu o original, Deixe-me Entrar não sofreu nenhuma perda nessa troca de pronomes.

PS: Quem tem os canais Max, Deixa Ela Entrar é exibido com certa regularidade.

PS2: Deixe-me Entrar não é suspense nem terror, embora tenha elementos destes gêneros, mas é um filme de amor.

dúvidas sobre o oscar 2011

Como todo ano, há injustiças e esquecimentos, mas algumas perguntas são pertinentes e merecem ser respondidas. Eu continuo achando injusto Leonardo DiCaprio não ter sido indicado por Ilha do Medo, mas é uma coisa de momento e marketing, geralmente os filmes apresentado no início do ano (pós-Oscar) são deixados de lado.

Contextualizando o Oscar: Podem ser indicados filmes que estrearam entre o dia 1º de janeiro e 31 de dezembro. Quem vota são os membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, quase 6 mil profissionais de todo o mundo que trabalham em todos os setores do cinema – atores, produtores, maquiadores, engenheiros, cenógrafos, diretores, montadores, compositores… Para entrar neste grupo é preciso ser indicado para algum prêmio ou ser convidado por algum membro (mas quem decide é a diretoria). Logo, ganhar um Oscar é ser reconhecido pela indústria do cinema. Alguns até esnobam o prêmio, mas é só ser indicado ou ganhar um que o discurso muda rapidinho.

Agora, as perguntas.

Por que Christopher Nolan não foi indicado como Melhor Diretor?

A Origem parece um filme tão fácil, nada complicando, praticamente se dirige sozinho. Por mais incrível e inteligente que seja, A Origem não deixa de ser um blockbuster, e na cabeça atrasada dos membros votantes, blockbuster só significa dinheiro e efeitos visuais. Esta é uma das explicações e a mais forte.

Por que há apenas 3 filmes concorrendo a Melhor Animação?

Isso tem a ver com o número de filmes elegíveis. Quando se tem 15 filmes ou menos, são apenas 3 finalistas. 16 ou mais, 5 finalistas. Este ano a lista era:

Como Cães e Gatos: A Vingança de Kitty Galore, Como Treinar Seu Dragão, Enrolados, A Lenda dos Guardiões, O Mágico, Megamente, Meu Malvado Favorito, Shrek Para Sempre, Tinker Bell e o Regate da Fada, Toy Story 3, Alpha and Omega, The Dreams of Jinsha, Idiots and Angels, My Dog Tulip, Summer Wars.

Por que o roteiro de Toy Story 3 foi indicado como adaptado, e não como original?

Porque a Academia entende que os personagens são baseados no filme original. É uma regra para sequências ou filmes cujos personagens já apareceram em outras produções, como Borat (programa te tv) e Distrito 9 (curta).

Por que A Origem não foi indicado a Melhor Montagem?

Essa talvez seja a ausência mais incoerente de todas e não há uma resposta. Assim como não se sabe por que Tron não foi indicado para efeitos visuais. Apesar de ser uma categoria técnica, montagem ou edição sempre foi um indicativo para ver quem ganha o prêmio máximo da noite. Afinal, um filme bom é um filme bem montado. A impressão que se tem é que A Origem entrou para os 10 indicados a Melhor Filme por uma questão de cota.

Por que Javier Bardem entrou para a lista de Melhor Ator?

Não que ele não mereça, mas era uma zebra, esperava-se Ryan Gosling em seu lugar. Julia Roberts, sua companheira de Comer, Rezar e Amar deu uma festa para pedir votos para Bardem e conseguiu emplacá-lo. Comemoração dupla para ele, que acabou de ter seu primeiro filho com Penélope Cruz.

Por que Jeff Bridges foi indicado como ator, sendo que seu papel é coadjuvante, e Hailee Steinfeld, a protagonista de Bravura Indômita, foi indicada como atriz coadjuvante?

É uma questão de chances. As chances de Heilee ganhar seriam menores se ela concorresse ao prêmio de Melhor Atriz. Logo, o estúdio a inscreveu na categoria coadjuvante. Já Jeff Bridges venceu no ano passado e teria mais peso. Além do quê, o personagem de Bridges é o protagonista masculino do filme. O mesmo aconteceu com Reese Whiterspoon em Johnny e June.

Por que Biutiful foi indicado como Melhor Filme Estrangeiro pelo México e não pela Espanha?

Simplesmente porque a produtora do filme é mexicana, a Cha Cha Chá Producciones, de Alejandro Gonzáles Iñárritu, Alfonso Cuarón e Guillermo Del Toro.

como assim, matthew?

Os indicados ao Oscar sairam hoje de manhã, mas o que me chamou mais atenção foi saber que Matthew Weiner ainda não começou a trabalhar a quinta temporada de Mad Men, anunciada há pouco tempo pela AMC. Pelo que ele informou à Enterteinment Weekly, o contrato da produtora (Lionsgate) com a AMC terminou e não foi renovado. E eu me pergunto, se Mad Men é a série mais importante da AMC, como esse contrato não foi renovado até agora? O executivo do canal, Joel Stillerman, disse: “Mad Men vai voltar para a 5ª temporada, mas não me pergunte quando, pois ainda não sabemos”. Tenso, assim como a foto, uma mistura de Sopranos com The Office.

bate cabelo

A Disney é sempre muito cuidadosa na dublagem de suas animações, por isso é estranho terem convidado Luciano Huck para dublar o co-protagonista Flynn. Não chega a ser uma catástrofe, mas ele não é ator e muito menos dublador, então há momentos em que ele simplesmente não dá conta do recado e o filme perde. Fora o tom de voz elevado. Por que não mantiveram o dublador do trailer?!

Toda a essência das animações Disney estão no filme, há claras referências aos clássicos como A Bela e a Fera, mas a mão de John Lasseter contribuiu para uma nova identidade Disney. Sim, há cantoria, mas não se preocupe, o Huck não canta. O 3D funciona muito bem, vale gastar um pouquinho a mais no ingresso só para ver a cena das laternas, porque é linda.

 

olha a faca!


Então, a pessoa aqui decidiu mudar tudo e entrou para o curso de cozinha do Senac.

Descobri que o mundo da gastronomia é muito mais amplo que imaginava, e o leque ainda não se abriu por completo. Você pode vender quentinhas, trabalhar num restaurante com estrelas Michelin, fazer chocolate, administrar um restaurante ou um serviço de buffet, vender cachorro quente na esquina, desenvolver produtos alimentícios, cozinhar num cruzeiro, ser professor… Muitas e muitas possibilidades.

Dizem que quem vai para a cozinha é um ser meio marginal, que não se encaixa nos padrões “normais” da sociedade. É comum encontrar pessoas que tentaram algo antes, alguns  até tiveram muito sucesso, e largaram tudo para cozinhar. Na minha turma, apenas dois ou três entraram tendo a gastronomia como primeira opção. A única coisa em comum é satisfação em servir – juro, eu me sinto muito melhor servindo que comendo.

Para quem não tem essa vontade, pode parecer meio difícil entender, e realmente é, pois não há tantos atrativos (regime quase militar, pressão e calor são só alguns deles). Como disse, é para marginais. Mas o que isso tem a ver com o blog, sempre com enfoque no pop? Pois bem, preciso comprar meu material de trabalho – uniforme e facas. E não há nada mais difícil que encontrar a faca mestra, a de chef, pau pra toda obra. É uma coisa meio Harry Potter, não é a pessoa quem escolhe a varinha, mas o contrário. Pesquisando pelas facas alemãs WMF, encontrei mais páginas publicitárias que de culinária. E é só ver as fotos para entender o porquê.

As três últimas fotos sairam em revistas tailandesas como divulgação da marca no país.

minha prima louca

O bom de ser ator é que você pode fazer papéis muito distantes da realidade. Eu acho que a Helena Bonham Carter só faz papel de excêntrica porque o maridão pede, e é só nos filmes dele. “Ai, amor, Rainha Vermelha? Parece nosso final de semana passado!”. Então quando ela quer radicalizar, se exercitar como atriz, ela faz papel de mulher comum, que usa sapatos da mesma cor.

isso nunca me aconteceu

Realmente, nunca errei tanto nos pitacos. Acertei apenas 13 palpites para os ganhadores do Globo de Ouro, parte da culpa foi subestimar a própria associação, que colocou O Turista, Burlesque e RED entre os indicados. Mas eu acertei Paul Giamatti e a música de Burlesque – Santa Cher, sempre me ajudando! Falando em Cher, ela fez falta no tapete vermelho, e o que o Justin Beiber estava fazendo lá? Ao contrário do que estão dizendo, houve surpresas. A minissérie Carlos derrotou The Pacific, o dinamarquês In a Better World ganhou como Melhor Filme Estrangeiro, Katie Segal dando o primeiro Globo para Sons of Anarchy e Jim Parsons venceu o sempre queridinho Alec Baldwin como Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical. Gostei da vitória de Chris Colfer, mas mais pela comemoração do elenco de Glee que pela vitória em si. Porém, a coisa mais legal foi Ricky Gervais e seus comentários indelicados, às vezes, bastante agressivos. Ele chegou a sumir no meio da cerimônia, o que deu a entender que suas piadas estavam indo longe demais, mas retornou: “Bruce Willis, o pai do Ashton Kutcher”. Se ele cavou a própria cova em Hollywood? Talvez. Bom, vou fazer meu dever de casa para o Oscar e tentar ganhar alguma coisa num bolão da vida.

Ah, meus pitacos estão neste post, caso alguém ainda se interesse.

os melhores segundo a crítica

O Critics Choise Movie Awards anunciou seus vencedores, abrindo a temporada de premiações do cinema, mas o aquecimento só começa mesmo amanhã, com a entrega dos Globos de Ouro. Só para deixar claro, o Critics é dado pela Associação de Críticos dos EUA. O Globo de Ouro é dado pela Associação de Jornalistas Estrangeiros de Hollywood. O TNT vai exibir a entrega dos Globos de Ouro a partir das 22h.

Melhor Filme

A Rede Social

127 Horas

Cisne Negro

O Vencedor (The Fighter)

A Origem

O Discurso do Rei

Atração Perigosa

Toy Story 3

Bravura Indômita

Inverno da Alma

 

Melhor Ator

Colin Firth, O Discurso do Rei

Jeff Bridges, Bravura Indômita

Robert Duvall, Get Low

Jesse Eisenberg, A Rede

James Franco, 127 Horas

Ryan Gosling, Blue Valentine

 

Melhor Atriz

Natalie Portman, Cisne Negro

Annette Bening, Minhas Mãe e Meu Pai

Nicole Kidman, Rabbit Hole

Jennifer Lawrence, Inverno da Alma

Noomi Rapace, Os Homens que Não Amavam as Mulheres

Michelle Williams, Blue Valentine

 

Melhor Ator Coadjuvante

Christian Bale, O Vencedor

Andrew Garfield, A Rede

Jeremy Renner, Atração Perigosa

Sam Rockwell, Conviction

Mark Ruffalo, Minhas Mães e Meu Pai

Geoffrey Rush, O Discurso do Rei

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Melissa Leo, O Vencedor

Amy Adams, O Vencedor

Helena Bonham Carter, O Discurso do Rei

Mila Kunis, Cisne Negro

Hailee Steinfeld, Bravura Indômita

Jacki Weaver, Reino Animal

 

Melhor Ator/Atriz – Jovem

Hailee Steinfeld, Bravura Indômita

Elle Fanning, Um Lugar Qualquer

Jennifer Lawrence, Inverno da Alma

Chloe Grace Moretz, Deixe-me Entrar

Chloe Grace Moretz, Kick-Ass

Kodi Smit-McPhee, Deixe-me Entrar

 

Melhor Elenco

O Vencedor

Minhas Mães e Meu Pai

O Discurso do Rei

A Rede Social

Atração Perigosa

 

Melhor Diretor

David Fincher, A Rede Social

Darren Aronofsky, Cisne Negro

Danny Boyle, 127 Horas

Joel Coen e Ethan Coen, Bravura Indômita

Tom Hooper, O Discurso do Rei

Christopher Nolan, A Origem

 

Melhor Roteiro Original

O Discurso do Rei, David Seidler

Another Year, Mike Leigh

Cisne Negro, Mark Heyman, Andres Heinz e John McLaughlin

O Vencedor, Scott Silver, Paul Tamasy e Eric Johnson

A Origem, Christopher Nolan

Minhas Mães e Meu Pai, Lisa Cholodenko e Stuart Blumberg

 

Melhor Roteiro Adaptado

A Rede Social, Aaron Sorkin

127 Horas, Simon Beaufoy e Danny Boyle

Atração Perigosa, Ben Affleck, Peter Craig e Sheldon Turner

Toy Story 3, Michael Arndt

Bravura Indômita, Joel Coen e Ethan Coen

Inverno da Alma, Debra Granik e Anne Rosellini

 

Melhor Fotografia

A Origem, Wally Pfister

127 Horas, Anthony Dod Mantle

Cisne Negro, Matthew Libatique

O Discurso do Rei, Danny Cohen

Bravura Indômita, Roger Deakins

 

Melhor Direção de Arte

A Origem, Guy Hendrix Dyas

Alice no País das Maravilhas, Stefan Dechant

Cisne Negro, Therese DePrez e Tora Peterson

O Discurso do Rei, Netty Chapman

Bravura Indômita, Jess Gonchor e Nancy Haigh

 

Melhor Montagem

A Origem, Lee Smith

127 Horas, Jon Harris

Cisne Negro, Andrew Weisblum

A Rede Social, Angus Wall e Kirk Baxter

 

Melhor Figurino

Alice no País das Maravilhas, Colleen Atwood

Cisne Negro, Amy Westcott

O Discurso do Rei, Jenny Beavan

Bravura Indômita, Mary Zophres

 

Melhor Maquiagem

Alice no País das Maravilhas

Cisne Negro

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1

Bravura Indômita

 

Melhor Efeitos Visuais

A Origem

Alice no País das Maravilhas

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1

Tron: O Legado

 

Melhor Som

A Origem

127 Horas

Cisne Negro

A Rede Social

Toy Story 3

 

Melhor Filme de Animação

Toy Story 3

Meu Malvado Favorito

Como Treinar Seu Dragão

O Mágico

Enrolados

 

Melhor Filme de Ação

A Origem

Kick-Ass

Red

Atração Perigosa

Incontrolável

 

Melhor Comédia

A Mentira

Cyrus

Uma Noite Fora de Série

O Pior Trabalho do Mundo

O Golpista do Ano

Os Outros Caras

 

Melhor Filme Feito Para a Televisão

The Pacific

Temple Grandin

You Don’t Know Jack

 

Melhor Filme Estrangeiro

Os Homens que Não Amavam as Mulheres

Biutiful

I Am Love

 

Melhor Documentário

Esperando pelo Super-Homem

Exit Through the Gift Shop

Inside Job

Restrepo

Joan Rivers: A Piece of Work

The Tillman Story

 

Melhor Canção

If I Rise, de 127 Horas

I See the Light, de Enrolados

Shine, de Esperando pelo Super-Homem

We Belong Together, de Toy Story 3

You Haven’t Seen the Last of Me Yet, de Burlesque

 

Melhor Trilha Sonota

A Rede Social, Trent Reznor and Atticus Ross

Cisne Negro, Clint Mansell

A Origem, Hans Zimmer

O Discurso do Rei, Alexandre Desplat

Bravura Indômita, Carter Burwell

ajuda

Quem dera se esta foto fosse de um filme e tudo não passasse de uma maquete ou computação gráfica. Se pelas imagens que a televisão mostra as chuvas na região serrana do Rio têm dimensões catastróficas, para quem conhece estas cidades, tudo parece pior ainda, ou seja, num grau quase incompreensível.

Conheço pessoas que moram em Teresópolis e Friburgo. Felizmente estão bem. As de Teresópolis, que moram justamente na estrada que liga as duas cidades, estavam em Santa Catarina e não têm ideia de como está a casa – no mínimo, deve estar um lamaçal.

No Rio, há vários postos de recebimento de donativos. Precisa-se de colchonetes, produtos de higiene pessoal (sabonete, pasta de dente, escova de dente, toalha, álcool em gel), produtos de limpeza (desinfetante, pano de chão, detergente, esponja), água, alimentos não perecíveis (macarrão, leite em pó, biscoitos etc), roupa e roupa de cama. O Hemorio precisa enviar 300 bolsas de sangue para a região. Segue a lista de alguns postos de coleta.

Hemorio – Precisa-se de sangue. As doações podem ser feitas por quem tem entre 18 e 65 anos, pesar mais 50 kg e estar bem de saúde. Não é preciso estar em jejum. Rua Frei Caneca, 8 – Centro. Diariamente (incluindo sábados, domingos e feriados) de 7h às 18h. Mais informações pelo Disque-Sangue: 0800-282-0708.

Polícia Militar – Os batalhões estão funcionando como centros de doação de sangue. Recebem também água, alimentos não perecíveis e produtos de higiene pessoal. Todo o material recolhido vai para o 12º BPM (Niterói), de onde segue para as vítimas.

Polícia Rodoviária Federal – Recebe doações nos seus 25 postos ao longo de 1.400 km de rodovias federais fluminsenses. Mais informações pelo telefone 191. Os donativos serão repassados à Cruz Vermelha.

Cruz Vermelha – Recebe colchonetes, alimentos, água, roupa de banho e de cama. Há uma conta para receber doações em dinheiro (Banco Real – AG: 0201. C/C: 1793928-5). As pessoas de outras capitais podem fazer doações nestes endereços. No Rio, a Cruz Vermelha funciona na Praça Cruz Vermelha, 10 – Centro. A Rodoviária Novo Rio está recebendo donativos em nome da Cruz Vermelha no piso de embarque inferior, das 9h às 17h.

Bancos – O Bradesco, Itaú e a Caixa abriram contas para receber doações. Bradesco (Fundo Estadual de Assistência Social. AG: 6570-6. C/C: 2011-7). Itaú (Fundo Estadual de Assistência Social do Estado do Rio de Janeiro. AG: 5673. C/C: 00594-7). Caixa (Defesa Civil do Rio de Janeiro. AG: 0199. Número: 2011-0. Operação 006). As agências do Itaú também recebem cobertores, roupas, alimentos não perecíveis e produtos de higiene e limpeza.

Supermercados – O Grupo Pão de Açúcar montou postos de coletas nos 100 supermercados da rede no estado do Rio – Pão de Açúcar, Extra, AB CompreBem e Assaí. Recebe alimentos não perecíveis, roupas e cobertores. O material será distribuído pelo próprio sistema de logística do grupo. Doações até o dia 26 de janeiro.

Universidades – A Unisuam recebe produtos de higiene pessoal e limpeza. Os postos funcionam de 8h às 21h nas unidades Bonsucesso (Avenida Paris, 72) e Campo Grande (Rua Campo Grande, 1508). Nas unidades Bangu (Rua Fonseca, 240), Vila da Penha (Avenida Braz de Pina, 1744) e Jacarapaguá (Rua Apiacás, 320), os postos funcionam de 15h às 21h.

A Unigranrio também montou postos em suas unidades. Informações pelo telefone 0800-2820007.

Senac, Sesc e Fecomércio – As unidades do Sesc Rio e Senac Rio e a sede do Sistema Fecomércio-RJ estão coletando água mineral, alimento não perecível, roupas de cama e banho, material de limpeza e de higiene pessoal e colchões. As unidades do Senac fazem a coleta de 9h às 19h (seg-sex) e 9h-12h (sábado). As do Sesc funcionam de 9h às 17h (ter-dom). Endereços aqui. A do Fercomércio recebe de 9h às 18h (seg-sex) na Rua Marquês de Abrantes, 99 – Flamengo.

Pedágios – As praças de pedágio administradas pela Concer recebem doações de água, produtos de higiene pessoal e de limpeza, roupas, cobertores e colchonetes. As doações devem ser entregues no Serviço de Informações ao Usuário, que funciona diariamente, 24h por dia. Duque de Caxias (Km 104), Areal (Km 45), Simão Pereira (Km 816) e a sede da empresa (Duque de Caxias, Km 110/JF).

A Ponte Rio-Niterói recebe doações. Mais informações pelo telefone 21 2620-9333.

A Autopista Fluminense, que administra a BR-101 Norte, também recebe doações em suas praças de pedágio, bases operacionais e nas sedes em São Gonçalo (Km 113) e Casimiro de Abreu (Km 206).

Praça de pedágio: Campos dos Goytacazes (Km 40 e Km 123), Casimiro de Abreu (Km 192), Rio Bonito (Km 252), São Gonçalo (Km 299). Bases: Macaé (Km 163), Silva Jardim (Km 235), Itaboraí (Km 282) e Niterói (Km 319).

Shoppings – O Grupo Aliansce abriu postos em seus shoppings e recebe comida, roupas, água e colchões durante o horário de funcionamento. Bangu Shopping, Carioca Shopping, Caxias Shopping, Duque de Caxias, Passeio Shopping, Santa Cruz Shopping, Shopping Grande Rio, Via Parque e Shopping Leblon.

O Grupo Ancar Ivanhoe lançou a campanha “Fazendo a Diferença” em seus shoppings:  Nova Améria, Botafogo Praia, Rio Design Barra, Rio Design Leblon, São Gonçalo Shopping e Downtown. Sempre no SAC, de 10h às 22h. Domingos, a partir das 13h.

O Barra Shopping também criou um posto em frente à C&A (entrada C, Nível Américas) e no SAC.

Metrô – 11 estações das linhas 1 e 2 têm postos de arrecadação de água, alimentos e produtos de higiene pessoal. As estações são Carioca, Central, Largo do Machado, Catete, Glória, Ipanema/General Osório, Pavuna, Saens Peña, Botafogo, Nova América/Del Castilho e Siqueira Campos.